terça-feira, 29 de julho de 2008

Lembro-me do dia em que chovia muito e eu esperava meu pai chegar de carro para me buscar na frente da escola. Se não me engano eu era a última criança esperando o pai chegar ali...e isso me deixava ansiosa. Passavam tantos carros na rua..."Porque meu pai demora tanto? Já estou aqui há um tempão, e parece que ele não vai chegar nunca! Vou pegar carona no próximo carro que parar aqui na frente!", pensei... Odiava esperar... mas sabia que eu tinha que entrar no carro certo, no carro do meu pai, e não em qualquer um, senão não chegaria em casa. Ai, que demora!! Vou chamar um táxi! Vou sair correndo na chuva e ir embora sozinha! Vou chorar!! O que eu faço?!?!
"Espera!", ouvia aqui dentro. Sabia que o certo realmente era esperar. Esperar...belíssima palavra. E às vezes tão dolorida... Chega de esperar! "Puxa, será que o papai esqueceu de mim?! =/ "
Se passaram mais uns 10 minutos. Nada. Só passavam carros desconhecidos. A chuva só aumentava, e, com ela, o trânsito ali na rua... De repente, a menininha impaciente avista a placa do carro que ela conhecia! "É ELE!!" O carro parou em sua frente, ela correu até o carro, para não se molhar tanto com a chuva forte. Abriu a porta e entrou. Viu o rosto de seu pai, tão calmo... Sensação de alívio! Que delícia sentir os pés e o rosto se aquecendo com o calor do carro... Que maravilhoso ter certeza de que se está no lugar certo, no momento certo, com a pessoa certa!
"Seria ridículo pegar carona com qualquer carro só por estar ansiosa...e depois não sentir esse alívio gostoso!", ria baixinho, consigo mesma, lembrando das 'loucuras' que haviam passado em sua mente enquanto esperava. Vale a pena esperar pela pessoa certa, demore o quanto demorar.
Se você sabe que há algo melhor esperando por você, não aceite menos que o melhor. Espere por aquilo que você sabe que deve esperar. Vale a pena. Lute pelo melhor. Lute pelo certo. Não obedeça o que seu coração gritar, porque ele é um bobão que não sabe de nada! O coração é aquele que queria que a menininha pegasse o primeiro carro que parasse ali... ele é enganoso, e corrupto! Esqueça a frase "siga seu coração", porque se você o seguir, você se dará muito mal.
Se você sabe que há algo melhor pra vc, não desista do melhor. Se sua vida não tem sido aquela "melhor" que vc sempre sonhou viver, não se conforme em continuar deixando os dias passarem desapercebidos! Lute! Não se acomode! Saia de sua zona de conforto! Decida esperar o carro certo chegar pra lhe buscar. E curta a sensação de alívio depois... a certeza de estar fazendo a coisa certa, no lugar certo, na hora certa, com as pessoas certas... a boa, perfeita e agradável vontade de Deus pra sua vida. Não pegue carona no primeiro carro que aparecer, só porque o melhor está demorando. Aprenda a esperar. E não espere parado, de braços cruzados. Espere fazendo algo, nem que seja assobiando! Quem disse que o "esperar" exige estar sentado?!
E a chuva escorria pelo lado de fora da janela, enquanto ela olhava os carros passando... ~]

3 comentários:

Ana disse...

sim, eu precisava ler isso hoje (:

amo vc (LL)

:*

flexa disse...

garota eu gostei disso
seria viagem dizer que pensei
em algo parecido pra escrever
doideira!
ahhh esquece
é muita coisa pra escrever num comentário
mas muitp legal cara!
prossiga escrevendo
realmente edificante

ps: eu nao sei explicar
mas as partes em que o texto é mais autentico mais "vc"
chama mais a atençao
pense nisso e abandone
dizer algo com a voz dos outros
procure cada vez mais a sua
tudo indica que é uma voz bem legal pra texto

fui

Guilherme disse...

Puxa... isso mexeu comigo...
De verdade...
Vou usar a parábola quando precisar compartilhar sobre o assunto com alguém (fica tranquila eu vou te dar os créditos hehe)